fbpx
Ligue-nos:     21 2147-0829   /     21 97532-3236
Cidade Solar é Inaugurada no Brasil com Capacidade de Gerar 9,36 Milhões de KWH/ano

Cidade Solar é Inaugurada no Brasil com Capacidade de Gerar 9,36 Milhões de KWH/ano

Fazenda de geração de energia solar de 14 hectares é inaugurada no Mato Grosso do Sul.

A utilização de energia solar é uma tendência mundial cada vez mais em crescimento. Como falamos no texto sobre energia solar e meio ambiente, as fontes de energia renováveis, ou sustentáveis, são alternativas para suprir a demanda energética dos lugares sem prejudicar o meio ambiente. Com a expansão da fonte, se tornou possível que bairros e até cidades inteiras sejam alimentadas por energia solar. Dentro do Brasil já é uma realidade.

No Mato Grosso do Sul, no Centro Oeste do país, foi inaugurada uma fazenda de geração de energia. Com 14 hectares e 120 clientes, a Cidade Solar abastece energeticamente hotéis, restaurantes, casas, escritórios, supermercados e muito mais.

A geração de energia é realizada através de 18 mil placas com capacidade de produção de 9,36 milhões de KWh por ano. Tamanha capacidade é capaz de suprir o consumo de uma média de 5,2 mil casas populares ao ano. As placas utilizadas pela cidade foram importadas da China e devem ter uma boa durabilidade. Com uma estimativa mínima de 25 anos de duração, uma das vantagens da aposta na energia solar é a alta longevidade com pouca manutenção.

Medidas para Implementação

Iniciativas inovadoras como a Cidade Solar são importantes para o meio ambiente mas também para a economia. Gastando menos com energia, os empresários podem investir mais dinheiro nos negócios, movimentando a economia local.

É importante a união entre consciência ambiental e incentivos para que mais projetos como a Cidade Solar se desenvolvam em outros locais. Algumas das medidas adotadas pelas autoridades locais para incentivar a utilização de fontes energéticas limpas, como a energia solar, houve a isenção de ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e comunicação). A isenção do imposto facilitou a importação dos equipamentos necessários para a geração de energia solar fotovoltaica.

Expectativa de Crescimento

O Mato Grosso do Sul tem grandes expectativas acerca da energia solar. Além das medidas de incentivo aos empresários na Cidade Solar, o Governo do Estado tem mais planos envolvendo a fonte energética.

Com a meta de tornar o estado cada vez mais energeticamente sustentável, está sendo pensado um projeto para abastecer propriedades rurais e ribeirinhas com energia solar. O objetivo é instalar no Pantanal, bioma local, mais de 1,7 mil painéis fotovoltaicos. Dessa forma, é esperado que todo o conjunto de ecossistemas que compõem o Pantanal sejam supridos energeticamente através da fonte solar.

A Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura familiar do estado pretende aumentar a porcentagem de energia solar usada no Mato Grosso do Sul de 0,9% para 5% em quatro anos. Esse pensamento segue uma tendência que não está em alta apenas no Brasil, como no mundo.


Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *