fbpx
Ligue-nos:     21 2147-0829   /     21 97532-3236
A Energia Solar Deve Ter Sua Capacidade Multiplicada Até 2050

A Energia Solar Deve Ter Sua Capacidade Multiplicada Até 2050

Em constante expansão, a Energia Solar promete alavancar o crescimento até meados do século

A busca por fontes renováveis de energia não é de hoje. Há anos, diversos países do mundo têm investido em solucionar os graves problemas causados pela matriz energética com combustíveis fósseis e nucleares. O uso indiscriminado e extração desenfreada de combustíveis como carvão mineral, petróleo e gás natural deixaram marcas no nosso ecossistema.

Estamos vivendo uma época em que lideranças mundiais buscam reverter os danos causados ao meio ambiente pelos combustíveis não renováveis. Nesse cenário, fontes energéticas sustentáveis são alternativas bastante procuradas. Dentre elas, se destaca a energia solar. Segundo estimativa da Bloomberg New Energy Finance (BNEF), em 2050, a energia solar será responsável por atender 40% da demanda energética mundial.

A fonte solar traz diversos benefícios para o meio ambiente. Além do baixo impacto ambiental causado, reduz a emissão de gases danosos para o ecossistema e necessita de uma manutenção mínima após a instalação.

Seguindo as tendências globais, em 30 anos, o Brasil deve ter 38% de sua matriz energética suprida suprida pela energia solar. No mesmo período, a região do Caribe e América Latina deve multiplicar sua capacidade solar em até 40 vezes, de acordo com relatório da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA).

Com investimentos apropriados, a região deve aumentar sua capacidade fotovoltaica de 7 gigawatts (GW) atualmente para mais de 280 GW em 2050. Com esse crescimento, é provado que é possível pensar em uma transição energética em todos os países. A energia solar, além de reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa que agride a Terra, tem um potencial global de gerar 18 milhões de empregos até meados do século.

Expansão

Nos últimos dez anos, a energia solar fotovoltaica fora da rede cresceu de maneira exponencial. De aproximadamente 0,25 GW em 2008 para quase 3 GW em 2018 ao redor do mundo, a energia solar aumentou sua capacidade instalada em mais de dez vezes.

No futuro, é esperado um crescimento ainda maior. Em relatório apresentado na Sun World 2019, na capital do Peru, a energia solar fotovoltaica deve gerar um quarto da energia mundial, se estabelecendo como a segunda maior fonte de energia.

No Brasil

No final do ano, em São Paulo, entidades e associações do setor se reuniram em evento para discutir o futuro da energia solar fotovoltaica no mercado livre. Diante do cenário atual, no Brasil, o mercado livre se torna fundamental no desenvolvimento da energia solar, assim como outras energias consideradas sustentáveis.

O mercado livre tem crescido bastante no país em relação ao mercado regulamentado. De 2019 a 2023, 16% dos 19 GW em construção no Brasil são projetos de fonte solar. No mercado livre, a energia solar é parcela significativa dos projetos energéticos. A fonte representa 40% dos projetos a serem realizados em 2023, uma diferença considerável entre os mercados regulado e livre.


Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *