fbpx
Ligue-nos:     21 2147-0829   /     21 97532-3236
Eficiência Energética em Empresas cai no Brasil

Eficiência Energética em Empresas cai no Brasil

Atualmente, vemos um fenômeno no qual a eficiência energética industrial no Brasil teve uma melhora, mas nas empresas, uma queda, fazendo com que o país descesse para as últimas posições no ranking mundial, estando, agora na 20ª posição geral, dos 25 países que mais consomem energia.

Para Amanda Schutze, do Climate Policy Initiative, esse cenário pode ter sido causado por políticas de subsídio, acesso a créditos e falhas de informações.

Como, durante o período da pesquisa, muitas das empresas que aumentaram sua economia não buscaram agregar a sua eficiência, a pesquisadora sugeri que seria necessário políticas públicas de longo prazo, que melhorem a situação setorial e diminuam barreiras para empresas que se mostrem mais eficientes.

Algumas empresas, como as pequenas e médias, geralmente encontram maiores dificuldades para investir em eficiência energética, de acordo com João Salgueiro, gerente sênior de relações institucionais de sustentabilidade e inovação da Schneider Electric, para América do Sul. Para ele, devido ao seu porte, seu foco tende a ser voltado aos investimento imediatos e seu caixa mais restrito.

Pensando nessas dificuldades e naquelas enfrentadas por grandes empresas, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) possui dois tipos de programas diferentes, que atende o cliente de acordo com sua necessidade.

Rodrigo Garcia, especialista de energia da CNI, há dois programas em andamento o Programa Aliança, que é para grandes indústrias, cuja meta é “atingir 100 grandes indústrias em 5 anos, buscando redução de custos operacionais de R$ 500 milhões por ano” e o Programa Brasil Mais Produtivo, cujo foco é atender “300 pequenas e médias empresas e prevê um total de R$ 6,4 milhões investidos até o final de 2019”.

Fonte: Ambiente Energia

Elaboração: Julia Meliga Pimentel, Marketing, Gene Sustentável

Eficiência Energética em Empresas cai no Brasil
5 (100%) 1 vote

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Copied!