fbpx
Ligue-nos:     21 2147-0829   /     21 97532-3236
Rio de Janeiro lidera em produção de energia solar no Brasil

Rio de Janeiro lidera em produção de energia solar no Brasil

Rio de Janeiro lidera ranking como cidade que produz mais energia solar instalada no país

 O cenário energético mundial tem favorecido a implementação de energias renováveis. A Organização das Nações Unidas (ONU) aponta em relatório que é, de fato, uma tendência global. O Brasil se encontra na 10ª posição do ranking de países que produzem e consomem energia solar. Em pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a cidade do Rio de Janeiro lidera em potência instalada, com 17,7MW.

Para a implementação da energia fotovoltaica, foram investidos mais de US$139,7 bilhões apenas em 2018 ao redor do mundo. Grandes lideranças apostam nas energias sustentáveis para descentralizar suas matrizes energéticas da dependência de fontes não renováveis como combustíveis de origem fóssil, a exemplo do petróleo, carvão mineral e gás natural. Ou até mesmo combustíveis nucleares.

Brasil aposta em crescimento da geração de energia solar nos próximos anos

 

Em um país com abundância de luz solar como o Brasil, a aposta na geração de eletricidade através da energia solar é um caminho viável. Atualmente, a modalidade energética representa 1,2% da matriz brasileira. É estimado que, até 2027, o país tenha uma capacidade instalada de 8,6 GW.

Bandeira vermelha nas contas de luz fortalecem migração para energia solar

 

Aumentos nas já caras contas de luz têm levado mais de 100 mil brasileiros a procurarem alternativas mais viáveis financeiramente e sustentáveis. Com a tecnologia de geração de energia fotovoltaica, é possível diminuir em até 95% as faturas. Dessa forma, o consumidor se isenta dos temidos aumentos de bandeira e reajustes de tarifas das distribuidoras por mais de 25 anos.

No Rio de Janeiro, líder em produção de energia solar no país, não é diferente. A bandeira vermelha na conta de luz já virou rotineira e o consumidor sente a diferença no bolso. Em tempos de crise no setor hidroelétrico, principal fonte de energia no país, a bandeira tarifária tende a aumentar. Nesse contexto, o investimento em outras fontes de energias, fontes renováveis, beneficia o meio ambiente e os consumidores.

Energia solar como alternativa vantajosa

 

Ao longo do tempo, o preço dos equipamentos responsáveis pela geração de energia solar tem ficado cada vez mais competitivos. Com custos diminuindo, é ainda mais vantajoso investir em fotovoltaica. Após a instalação, a manutenção do equipamento é mínima e a expectativa de vida útil é de no mínimo duas décadas.

Com um investimento inicial reduzido, é possível migrar energeticamente seguindo uma tendência mundial sustentável e com baixa manutenção. Depois de adquiridos, os painéis fotovoltaicos duram bastante. Com essa vida útil, o custo inicial é pago rapidamente quando pensada a economia ganha com a conta de luz.


Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *