Ligue-nos:     21 2147-0829   /     21 97532-3236
Um estacionamento ou uma Miniusina solar?

Um estacionamento ou uma Miniusina solar?

Juntando necessidade a sustentabilidade, a Chácara Bonança, em Mato Grosso do Sul, passou a usar seu estacionamento como uma mini usina solar, com 97,2 kWp de potência. A energia gerada no local também é usada em outro empreendimento do mesmo dono, o Hotel Concorde.

A ideia de instalar o sistema solar ao mesmo tempo que cria uma proteção para os carros dos visitantes partiu do próprio dono do local, Douglas Veratti. “O projeto inicial previa colocar as placas perto do chão, mas eu pensei, por que não fazer um estacionamento embaixo delas? Ficando mais altas, é mais difícil as pessoas mexerem”, contou ao Campo Grande News.

O proprietário usou os recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). “Quis investir em energia solar depois de visitar a Alemanha e ver que ela é pioneira nesse seguimento e não tinha o tanto de sol que temos aqui. Comecei a fazer uns orçamentos e deu certo. Tem vários empresários que estão esperando só a minha conta chegar para ver se tem economia mesmo e montarem suas usinas”, explicou.
“Todo o sistema custou R$ 970 mil. O financiamento me dá dois anos de carência antes do vencimento da primeira parcela. Pelas contas que fiz, em seis anos e meio eu consigo pagar essa conta”

Essa é uma realidade que vem sendo presenciada cada vez mais entre os brasileiros, principalmente aqueles que possuem negócios e querem investir naquilo que lhes de economia e retorno.

Fonte: Campo Grande News

Elaboração: Julia Meliga Pimentel, Marketing, Gene Sustentável

Um estacionamento ou uma Miniusina solar?
5 (100%) 1 vote

Adicionar comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Copied!